Presidente da Cagepa faz apelo por empréstimo e diz que débitos na empresa são altos

Com o objetivo de tentar sensibilizar os deputados estaduais da Paraíba, o presidente da Companhia de Água e Esgotos do Estado (Cagepa/PB), Deusdete Queiroga fez uma explanação em tom de desabafo para explicar a real situação da Empresa na manhã desta terça-feira (05) no plenário da Assembleia Legislativa do Estado.


Conforme relato, a Companhia moveu mais de 100 ações para cobrar uma dívida que chega a R$ 135 milhões que prefeituras e empresas privadas tem junto ao órgão. Além desses inadimplentes, a Cagepa também está cobrando de seis bancos privados uma dívida de mais de R$ 130 milhões.

“A situação da empresa é delicada desde 2010 por isso é necessário um empréstimo como objetivo de sanar as dívidas do órgão”, disse. Queiroga não soube precisar o valor do empréstimo e destacou que esse montante será definido pela Caixa Econômica Federal.

“Para se ter uma ideia a Cagepa ainda não conseguiu pagar a conta de energia desse mês, estamos inadimplentes porque ainda não temos recursos em caixa”, lamentou.

Ainda no ano passado a sede administrativa da Companhia teve a energia cortada duas vezes em um mesmo dia por inadimplência junto a Energisa.


Com informações de Henrique Lima

PB Agora 

Imprimir artigoGuardar como PDF
>