Guarabira será contemplada com recursos do Criança Esperança

A AMECC (Associação Menores com Cristo) de Guarabira está na lista de instituições que serão beneficiadas com os recursos do Programa Criança Esperança 2016. Em todo o Brasil, 62 projetos receberão um suporte financeiro para estimular suas atividades com crianças e adolescentes.



A AMECC foi criada no final dos anos 80. No dia 22 de novembro de 1989, Padre Geraldo chegou à Guarabira. Após sua chegada, ele foi convidado por Padre Celestino (Vigário Geral) para assumir a responsabilidade de acompanhar o Grupo da Diocese de Guarabira – Escola da Fé. Este grupo decidiu ir além de suas reflexões, fazendo visitas mensais a cadeia pública de Guarabira. Na primeira visita, Padre Geraldo e o Grupo encontraram adultos e adolescentes encarcerados na mesma cela.


Na esperança de receber algum tipo de ajuda, um desses adolescentes encarcerados, com o nome de Cícero Deodato da Silva Neto e 17 anos de idade, escreveu uma carta e a enviou a Padre Geraldo através do educador Luiz Dantas. Nenhum de seus familiares quis comparecer para soltá-lo. Padre Geraldo então assinou um termo de responsabilidade para que Cícero saísse da cadeia.
Com o apoio solidário do Bispo da época, Dom Marcelo Pinto Carvalheira, Cícero foi levado para um terreno pertencente à Diocese de Guarabira, pois lá existiam pequenos cômodos onde já acontecia um acompanhamento a crianças e adolescentes do MAC (Movimento de Adolescentes e Crianças) realizado por uma religiosa e um educador, a Irmã Naíse e Luiz Dantas. No dia seguinte, Cícero pediu para seu irmão Maurício ser acolhido também, e essa pequena comunidade de dois no meio dos quinze meninos do MAC passou a atrair outros meninos em situação de rua com o desejo de fazer parte desse acolhimento. Ao Padre Geraldo foi perguntado: “… aceita a gente?…”. A Fundação do Abrigo foi inevitável: em 13 de novembro de 1990 iniciou-se o Sistema de Atendimento Sócio Educativo em Meio Aberto.
A TV Cabo Branco (Globo Paraíba) visitou a AMECC e mostrou sua importância social para Guarabira e região. A repórter Sílvia Torres contou o que viu.
O programa foi criado em 1986 pela Rede Globo, a maior rede brasileira de televisão que atinge 86,33% dos 5,564 municípios brasileiros para aumentar a conscientização sobre os  direitos das crianças e motivá-los a ter a esperança  de um futuro melhor. Desde sua criação, cinco mil projetos já beneficiaram mais de quatro milhões de crianças e jovens de todo o Brasil.
Uma vez por ano, um show ao vivo é produzido e transmitido em horário nobre, onde artistas e celebridades promovem o programa. O show é estruturado com base em temas centrais como educação, direitos humanos e diversidade cultural. Esta campanha para arrecadar fundos dura um mês e é promovida por meio de milhares de spots de TV, que convidam o público a fazer suas doações diretamente para a UNESCO. O show é o evento culminante da campanha e tem altos índices de audiência, tornando o Criança Esperança um dos programas mais conhecidos e reconhecidos no Brasil.
Desde o início da parceria firmada com a UNESCO, 450 projetos já foram selecionados. Em 2011, o Programa Criança Esperança passou a apoiar 75 projetos locais, beneficiando 20 mil crianças e adolescentes.
Toda a arrecadação é repassada para a UNESCO que destina os recursos para os projetos selecionados e posteriormente acompanhados e fiscalizados.
Rafael San com Globo
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...