Botafogo vence o Treze no Amigão


Em uma partida eletrizante, o Botafogo-PB quebrou um tabu que vinha desde 2007 e venceu o Treze por 2 a 0, no Estádio Amigão, em Campina Grande, e agora lidera isoladamente o Campeonato Paraibano 2013.



 Com a vitória, o Belo alcança a liderança isolada do Paraibano com nove pontos ganhos. Já o Galo permanece com seis, na vice liderança.

 O alvinegro de Campina abriu o placar logo no primeiro lance de jogo. Jonatha cruzou da direita e a bola atravessou toda a área. O goleiro Genivaldo saiu mal e Mazinho escorou de cabeça para os fundos da redes, fazendo a festa da torcida galista.

 Passado o susto inicial, o Belo tentou reagir com Edgard, que após boa troca de passes com Doda tocou na saída do goleiro Beto, do Treze, que operou um milagre e evitou o empate botafoguense. Mas de tanto pressionar, o tricolor da capital conseguiu empatar. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Thuram tocou para Warley, que apenas desviou a bola, marcando seu primeiro gol com a camisa do Botafogo-PB logo no palco que o consagrou na Paraíba, o estádio Amigão, em Campina Grande.

 O jogo seguiu no primeiro tempo com as duas equipes priorizando a posse de bola, trocando passes em sua defesa até encontrar um espaço para atacar o adversário. E foi assim até o final da primeira etapa, que acabou empatada em 1 a 1.

Segundo tempo

 Se o primeiro tempo foi movimentado, no segundo passou um furacão no estádio Ernany Sátiro. No primeiro lance, Ferreira cobrou falta pelo lado esquerdo, e o zagueiro André Lima desviou para as redes do goleiro Beto, virando o placar para a equipe pessoense.

 A resposta galista não tardou. Aos 9 minutos Fernando Russi empatou novamente a partida após cruzamento desviado por Thiago Chulapa, o atacante, que havia entrado no intervalo do jogo, cabeceou para marcar em sua estreia pelo Galo da Borborema.

 E não dava tempo de respirar no Amigão. Logo aos 16 minutos Warley recebeu cruzamento de Ferreira, dominou a bola, limpou a zaga e escorou para o gol, marcando seu segundo tento na partida.

 Com a desvantagem no placar, o treinador do Galo, Sérgio Cosme, colocou o time para frente e substituiu o volante Daniel Costa pelo atacante Alan Borges. Mas a mudança não surtiu muito efeito, já que bastante nervoso, o alvinegro de Campina Grande errava vários passes e esbarrava no goleiro Genivaldo fazendo jus ao apelido de Paredão, se recuperando de várias falhas em saídas de bola durante a partida.

 No finzinho da partida, aos 44 minutos, Doda completou a trinca de ex-trezeanos e praticamente definiu a partida. Após troca de passes entre Fábio Neves e Warley, W9 deixou o camisa 10 do Belo sem goleiro para apenas empurrar a bola para o fundo dos barbantes. 4 a 2 para o Tricolor da Maravilha do Contorno.

 Como não podia deixar de ser, o Treze colocou fogo na partida nos 6 minutos de acréscimos dados por Adalberto Moésia. Fernando Russi marcou um golaço aos 47, tocando a bola com categoria por cima do goleiro do Belo. O Galo tentou pressionar o Bota até o final, mas não conseguiu o empate.


Ficha Técnica

 Treze 3×4 Botafogo-PB

Estádio: Ernany Sátiro (O Amigão)
 3ª rodada do Campeonato Paraibano Chevrolet 2013

Árbitro: Adalberto Moésia
Auxiliar 1: Felipe Messias
Auxiliar 2: Michelson Nóbrega

Gols: Treze: Mazinho (43” 1T), Fernando Russi (9’ 2T, 47’ 2T); Botafogo-PB: Warley (11’ 1T, 16’ 2T), André Lima (1’ 2T), Doda (44’ 2T)

Treze: Beto, Jonatan, Negretti, Victor Hugo, Ricky; Júlio César, Daniel Costa (Alan Borges – 26’ 2T), Birungueta (Roberto – intervalo), Mazinho; Thiago Chulapa, Manu (Fernando Russi – intervalo). Téc.: Sérgio Cosme

Botafogo-PB: Genivaldo, Ferreira, Thuram, André Lima, Sandro (Diego Pitbull); Hércules, Izaias, Gil Bala (Fernando), Doda; Edgard (Fábio Neves), Warley. Téc.: Marcelo Vilar

Renda: R$ 28.766,00

Público pagante: 5.017

Não-pagantes: 389

Total: 5.496

Imprimir artigoGuardar como PDF
>