Autorizada modernização do sistema de trens de JP, com 1ª etapa orçada em R$ 3,3 milhões

Serão construídas quatro novas estações, um novo prédio para o Centro de Controle Operacional (CCO), uma nova oficina de manutenção e adequação e modernização das estações já existentes



Quatro novas estações serão construídas para dar suporte ao Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) que está em processo de implantação na Região Metropolitana de João Pessoa desde sábado (1º), quando a primeira composição chegou à Capital.

O projeto de modernização do Sistema de Trens Urbanos de João Pessoa prevê a recuperação das vias existentes e a modernização de 30 km de via ferroviária, de Santa Rita a Cabedelo. Serão realizadas obras de adequação e recuperação de nove estações: Santa Rita, Várzea Nova, Ilha do Bispo, Alto do Mateus, João Pessoa, Mandacarú, Poço, Jardim Manguinhos e Cabedelo.

As estações de Nova Bayeux e Nova Jacaré receberão obras de reconstrução e passarão a ser em estilho ilha, possibilitando o cruzamento dos trens e VLTs. Também serão construídas outras quatro estações em locais que serão apontados pelo estudo.

Dentro do projeto de modernização do sistema, será implantada nova sinalização da via, automação de passagens de nível, onde serão implantadas guaritas; construção de um novo edifício do CCO, e uma oficina de manutenção de trens, além do projeto de telecomunicações e de eliminação de interferência.

http://portalcorreio.uol.com.br/
____________________________

O melhor de tudo é que o VLT vem equipado com ar-condicionado, que  deveria ser o básico em qualquer transporte e ambiente da  capital paraibana.

Imprimir artigoGuardar como PDF
Postar um comentário
>