Guarabira e mais 21 cidades passam a pertencer ao semiárido nordestino



A presidente da República tem até a próxima sexta, dia 19, para sancionar o Projeto de Lei de Conversão 668/2015, o qual, dentre outras deliberações, altera a lista dos municípios que integram o semiárido nordestino.

Mais 22 municípios paraibanos localizados nas proximidades de Guarabira e  Campina Grande passarão a fazer parte do semiárido nordestino. A mudança foi acrescentada ao texto da Medida Provisória 668/2015, que eleva as alíquotas da contribuição do PIS/Pasep e da Cofins na importação de bens. A MP faz parte do pacote de ajuste fiscal enviado pelo governo ao Congresso.

Nesta quarta-feira (17), no Grande Jornal 850, ancorado por Greice Targino e Eraldo Luis, na Rádio Rural de Guarabira, Kennedy Wanderley, Agente de Desenvolvimento do Banco do Nordeste, comemorou a decisão: “É uma vitória histórica dos pequenos produtores rurais, doas agentes políticos e da região como um todo, pois significa mais investimentos”, afirmou.
Além de Guarabira, integrarão o semiárido: Araçagi, Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alagoinha, Areia, Belém, Borborema, Cuitegi, Duas Estradas, Juarez Távora, Lagoa de Dentro, Massaranduba, Matinhas, Mulungu, Pilões, Pilõezinhos, Pirpirituba, Serra da Raiz, Serra Redonda, Serraria e Sertãozinho.

Kennedy Wanderley destacou que a luta começou ainda em 2006 e beneficiará muitos produtores que fizeram financiamentos e não conseguiram, em função da estiagem e da crise, pagá-los. “O desconto chega a 85%, o que é substanciam. Em algumas situações o rebate é superior a 50%”, afirmou.

Para Kennedy Wanderley a medida corrige um injustiça histórica. “É como se propositadamente tivessem deixado de fora municípios que atendiam a todos os requisitos técnicos”, concluiu.

O vereador Marcelo Bandeira, ex-secretário de Agricultura de Guarabira, destacou que a luta foi muito positiva e agora renderá seus frutos. Ele parabenizou todas as forças políticas que apoiaram durante todo o processo.
Para Rubens Fernandes, presidente do Sindicato Rural, a região será muito beneficiada, pois a medida significa a completa redenção dos pequenos produtores rurais.
Do Nordeste1
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...