Guarabira sediará festival Internacional de Arte Naif



A cidade de Guarabira, Agreste paraibano, sediará seu primeiro festival de Arte Naif. O evento será no primeiro semestre de 2018. A informação foi repassada pelo artista plástico guarabirense Adriano Dias.
Adriano é um nome de referência no estilo “Naif”, um artista visual, autodidata. Seu trabalho aborda cenas do cotidiano nordestino, mesclando elementos da religiosidade, imaginário infantil e festejos populares, num profundo resgate de suas reminiscências no interior. Adriano faz da sua arte uma espontaneidade e criatividade autêntica.
O que é Arte Naïf?
O desejo espontâneo de desenhar e pintar existe desde os primórdios da civilização humana, sendo o seu mais reconhecido exemplo as “pinturas rupestres”.
O termo Arte Naïf foi pela primeira vez utilizado, no virar do século XIX, para identificar a obra de Henri Rousseau, pintor autodidacta admirado pela vanguarda artística dessa época, que incluía génios como Picasso, Matisse e Paul Gauguin, entre outros. Com esta génese, a Arte Naïf começou a afirmar-se como uma corrente que aborda os contextos artísticos de modo espontâneo e com plena liberdade estética e de expressão e os seus seguidores definem-na hoje como “a arte livre de convenções”.
A Arte Naïf é concebida e produzida por artistas sem preparação académica específica e sem a “obrigação” de terem de utilizar técnicas elaboradas e abordagens temáticas e cromáticas convencionais nos trabalhos que executam. Isto não significa que não estudem e aperfeiçoem de modo autodidáctico e experimental o desenvolvimento das suas obras, e não implica que a exigência de qualidade das mesmas seja inferior.
A capacidade artística é um dom inato no ser humano e não existem técnicas, regras ou dogmas que, quando ele realmente está presente, lhe possam atrofiar qualidade e retirar valor.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...