Moda entre os milionários ao redor do mundo, os submarinos pessoais são garantia de diversão subaquática



Que jet ski, que nada. O novo “brinquedinho” de desejo daqueles que já garantiram um jatinho para se deslocar no dia a dia e um iate para relaxar no fim de semana é ter seu próprio submarino. O leque de possibilidades já é vasto, indo de modelos que levam de uma a cindo pessoas por vez para desbravar o fundo do mar.

O mais recente lançamento é o C-Explorer 5, da empresa holandesa U-Boat Worx , apontado como “a primeira limusine subaquática”. Avaliado em US$ 2,4 milhões, o submersível tem cabine pressurizada de acrílico, que permite visão de 360 graus a até 300 metros de profundidade, ar-condicionado e espaço para até cinco pessoas.

Desenvolvido ao longo dos últimos dois anos, o aparelho se locomove a 5 km/h, graças a um motor de propulsão elétrica ligado à bateria de lítio de oito horas. Para se comunicar com a superfície, um sistema de rádio controlado por Smartphone, alarme sonoro e interfaces touchscreen foram instalados. Além disso, o submarino está equipado com luz de LED, sonar e câmera de vídeo full HD para que ser possa registrar todas as descobertas.


http://www.google.com/

Imprimir artigoGuardar como PDF
>