PB ganha mais uma fábrica de cimento


O Litoral Sul paraibano deve concentrar o polo cimenteiro da Paraíba. O Grupo Votorantim deverá instalar uma fábrica de cimentos no município de Caaporã. A fábrica terá investimento de R$ 700 milhões, com capacidade de produção de 2 milhões de toneladas/ano e deverá entrar em operação em dois anos.

Em reunião com o governador Ricardo Coutinho, o Grupo Votorantim revelou que os entendimentos estão avançados do protocolo de intenções que garantirá a instalação do empreendimento. “Após a assinatura do protocolo de intenções, a previsão é que em dois anos a fábrica esteja iniciando a sua operação. Na construção da fábrica vamos gerar 1.200 empregos, principalmente na construção civil, e durante o seu funcionamento, previsto para 2015, de 700 empregos diretos e indiretos priorizando a mão de obra local”, adiantou o diretor técnico Edvaldo Rabelo.

Segundo a Votorantim, alguns fatores como a localização da Paraíba, os planos do grupo de aumentarem a produção no Nordeste, a reserva de calcário pertencente ao Grupo e a eficiência da Cinep, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da Receita para viabilizar a implantação. “Já estivemos aqui com a antiga fábrica de cimentos Poty e queremos voltar em um bom momento vivenciado pelo setor na Paraíba”, comentou o diretor de Planejamento do grupo Votorantim, Luiz Alberto Castro.

O governador Ricardo Coutinho frisou os investimentos na infraestrutura na região como a duplicação e recuperação da estrada que liga Caaporã à BR-101 e os incentivos fiscais para garantir a instalação.

Atualmente, a Paraíba possui duas fábricas (Lafarge e Cimpor) e a segunda maior produção do Nordeste. Com a construção da Brennand (Pitimbu), Cimpor II (Conde) e Elizabeth (Alhandra) e com a Votorantim deve assumir em três anos a 2ª posição do país com 9,5 milhões de toneladas.

http://www.jornaldaparaiba.com.br/no...ica-de-cimento

Imprimir artigoGuardar como PDF
Postar um comentário
>