Prefeitura de Guarabira reabre Museu de Artes Sacras

A prefeitura de Guarabira reabriu na noite da última sexta-feira (16) o Museu de Artes Sacras Fernando Cunha Lima. O local foi totalmente revitalizado e conta com várias peças raras ligadas ao universo artístico da Igreja Católica, além de espaço para palestras e eventos no primeiro andar e jardim amplo aos fundos.


Durante a solenidade o gestor recebeu a visita de familiares do patrono do museu, como o suplente de senador Ivandro Cunha Lima, o também irmão Roberto Cunha Lima (ambos irmãos do ex-senador Ronaldo Cunha Lima [in memorian]), os filhos do homenageado Flávio Cunha Lima e Fernando José, além do neto Daniel.
Diversas personalidades e autoridades de Guarabira e região acompanharam a reabertura do museu, como o bispo diocesano Dom Francisco de Assis Dantas de Lucena; a deputada e primeira dama Léa Toscano; a prefeita de Alagoinha Alcione Beltrão; o representante da paróquia Santo Antônio e do Santuário de Frei Damião, Frei Nunes; vereadores Guarabira e Alagoinha, professores, empresários, e a população que veio conferir de perto a total recuperação do antigo casarão e das peças expostas, em sua maioria do início do século XX.
Ivandro Cunha Lima, irmão de Fernando Cunha Lima, disse em seu pronunciamento que reviveu reminiscências de sua família em Guarabira e ressaltou a importância da homenagem que se faz a Fernando, assim como a contribuição que o museu dará para as artes da cidade.museu_artes_sacras03
O prefeito Zenóbio Toscano falou do seu grande sentimento de alegria de naquele momento, mais uma vez fazer parte da história. Ele lembrou do período em que adquiriu o casarão há cerca de 30 anos e o transformou no museu, que por muito tempo serviu a rainha do brejo, e, infelizmente, tenha passado muitos anos fechado, e disse que a partir de agora o local servirá cada vez mais como aporte para os guarabirenses e romeiros que visitam o memorial de Frei Damião. Zenóbio aproveitou a ocasião para ressaltar o nome da família Cunha Lima, que muito fez pela cidade e pela Paraíba.
Durante a solenidade o músico José Carlos, responsável pela formação do Coral Municipal e instalação do projeto Prima em Guarabira, fez uma apresentação musical tocando em um dos harmônios existentes no museu executando Ode à Alegria (ou Hino à Alegria) da 9ª Sinfonia de Beethoven, além de entoar o Panis Angelicus, antigo cântico católico dedicado a Sagrada Eucaristia.
museu_artes_sacras01O gestor municipal disse que brevemente abrirá no município a Casa do Cordel, mais um equipamento cultural que homenageará o poeta escritor guarabirense José Camelo de Melo Rezende, autor do cordel mais conhecido no mundo, intitulado de Pavão Misterioso.
Fernando Moura Cunha Lima 
Nascido na cidade de Guarabira em 26 de julho de 1934, foi empresário com base na Paraíba. Filho de Demóstenes da Cunha Lima e Francisca (Nenzinha) Bandeira da Cunha e irmão do ex-governador da Paraíba Ronaldo Cunha Lima. Era candidato a deputado federal tido como eleito, mas foi assassinado meses antes das eleições de novembro de 1978, em Grumari no Rio de Janeiro. Seu sobrinho Cássio Cunha Lima é atualmente Senador da República.
Para visualizar mais imagens da solenidade, clique aqui

Imprimir artigoGuardar como PDF
Postar um comentário
>