Funcionários dos Correios de Guarabira aderiram à greve do setor que está acontecendo em 8 estados do país


 Parte do serviço está sem funcionamento, e os usurários da agência deverão procurar, se possível, outras formas de resolver suas questões financeiras, por exemplo.


A categoria quer a reposição da inflação, o reajuste do piso salarial em 10%, aumento real de 6%, vale-alimentação de R$ 35 e vale cesta de R$ 342, além de auxílio creche de R$ 500 e auxílio para dependentes de cuidados especiais de no mínimo R$ 850.

Segundo as informações a paralisação é por tempo indeterminado e deve afetar os serviços de entrega e a parte operacional da agência.

Em nota, os Correios informaram que estão em processo de negociação do acordo coletivo de trabalho com as entidades sindicais e continuam abertos ao diálogo, não havendo, portanto, justificativa para a paralisação. “A empresa ofereceu reajuste de 5,27% sobre os salários e benefícios. Este índice, somado à progressão anual concedida no ano passado, equivale ou ultrapassa os índices inflacionários do período, impedindo perdas aos trabalhadores”.

http://www.portalindependente.com
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...