Vila Olímpica é confirmada como Centro de Treinamento de Seleções da Copa

A Vila Olímpica Ronaldo Marinho foi confirmada, nesta terça-feira (29), na versão final do catálogo do Centro de Treinamento de Seleções (CTS) para a Copa do Mundo Fifa 2014. A entidade organizadora do mundial vai disponibilizar 83 opções, entre elas, a Paraíba, para que as 32 equipes qualificadas possam escolher o local que usarão como base durante o torneio.

Durante o processo de seleção, houve 403 inscrições em quatro janelas. Ao todo, as equipes da FIFA e do Comitê Organizador Local (COL) inspecionaram 281 campos em 25 estados e no Distrito Federal e a Vila Olímpica, que passa por uma reestruturação física com um investimento de R$ 18 milhões, estará à disposição de uma das seleções que disputarão a competição mais importante do futebol mundial.


“Com essa lista, temos o primeiro mapeamento técnico da infraestrutura nacional, que servirá como referência, por muito tempo, para um país que está aproveitando a Copa para modernizar as arenas e seus centros de treinamento. Para as cidades escolhidas, será a oportunidade de visibilidade e de incremento do turismo e de investimentos”, afirmou o presidente do Comitê Organizador Local, José Maria Marin.

O secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer, Tibério Limeira, comemorou a notícia da inclusão da Paraíba no catálogo de Centro de Treinamento de Seleções. “O investimento que está sendo feito na Vila Olímpica, antigo Dede, já está surtindo efeito, pois há dois meses houve uma vistoria de um membro do COL e agora, veio a confirmação da inclusão. Desde 2011, o Governo do Estado fez a inscrição para que a Paraíba pudesse ficar à disposição das seleções que vão à Copa”, destacou Tibério.

Escolha pela seleção – Cada seleção terá que fazer uma indicação de CTS até 18 de dezembro e o anúncio final da base escolhida deve ser realizado até 30 de janeiro de 2014. De acordo com o gerente geral de Competições e Serviços às Equipes do COL, Frederico Nantes, existe um sistema online com as opções de CTS disponíveis e a seleção recebe a senha desse sistema a partir do momento em que realizou pelo menos uma visita oficial a um CTS no Brasil. O país pode indicar até três CTS (um como primeira opção, outro como segunda e outro como terceira), sendo que terá prioridade para determinado centro de treinamento a seleção que demonstrar primeiro o interesse por ele.

http://revistaedificar.com.br/
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...