Game produzido em Campina Grande na Paraíba é escalado entre os 18 melhores do Brasil

Capaz de fazer uma pessoa se sentir em outro mundo, os games são uma poderosa ferramenta de entretenimento, educação e desenvolvedor de habilidades. Eles alcançam diversos gêneros e agradam a todos públicos possíveis. Nesta última semana, a cidade de Campina Grande, foi palco para o maior desenvolvimento de games em série do país, a Global Game Jam. Além disto, a cidade se destacou também pela qualidade da produção e conseguiu se elencar entre os 18 melhores jogos do Brasil.


Desenvolvido pelos estudantes Rafaella Ryon e Dinart Filho, o 'I Hate My Family And I Wanna Die' foi considerado pelos avaliadores como um game simples, mas ousado na arte e premissa. No enredo, ele conta a história de um jovem homossexual deprimido na Inglaterra vitoriana, cuja família não compreende sua sexualidade. Apesar da simplicidade e rigidez de suas mecânicas, a arte e a premissa acabam compensando a criação.
A Global Game Jam desenvolveu em apenas 48 horas 356 jogos brasileiros. Cada edição conta com seu próprio tema, que neste ano foi "Nós não vemos as coisas como elas são, só as vemos como nós somos". Após algumas horas de reflexão e brainstorms, começaram a nascer os jogos, em sua maioria construídos a partir dos conceitos de percepção, identidade, visão e perspectiva.

Imprimir artigoGuardar como PDF
Postar um comentário
>