Monteiro: Ricardo entrega abatedouro de aves e unidade de beneficiamento de mel


ricardo MONTEIRO unidade de coleta de mel de abelha foto jose marques (5)
O governador Ricardo Coutinho inaugurou na tarde dessa terça-feira (11) uma unidade de abate de aves caipira e uma de extração de mel no bairro do Mutirão, em Monteiro. Os investimentos do Governo do Estado, por meio do projeto Cooperar, chegam a R$ 645 mil e vão beneficiar 134 produtores.
A unidade de abate de aves da Associação Comunitária Vicente de Assis Ferreira de Avicultura Alternativa do Cariri Ocidental Paraibano (Aval) recebeu investimentos de R$ 532,5 mil do Cooperar e mais R$ 128 mil do Empreender Coletivo para estruturação de 30 granjas e aquisição de equipamentos de avicultura e ração. O abatedouro beneficiará diretamente 117 famílias de 24 comunidades rurais. Já a unidade de beneficiamento de mel representou um investimento de R$ 112 mil e beneficiará 17 produtores.
O governador Ricardo Coutinho destacou que na região do Cariri o projeto Cooperar investiu R$ 4,3 milhões, sendo R$ 1,6 milhão em 12 projetos somente em Monteiro. “Tenho certeza que esses produtores terão um grande sucesso e irão ampliar sua produção e capacidade de ganhar mercado. Estamos em todo o Estado ampliando a capacidade produtiva com o projeto Cooperar e parcerias com produtores e prefeituras”.
ricardo MONTEIRO inauguracao de abatedouro de frango foto jose marques (6)
Durante a solenidade, o governador falou sobre o impacto dos investimentos do Cooperar na economia da região e na geração de renda para a população. “Estamos criando alternativas de desenvolvimento com incentivo a culturas como a avicultura e a apicultura que resistem à estiagem porque queremos ver o povo se empoderar e andar adiante”.
A prefeita Edna Henrique declarou que ver as unidades funcionamento representa a realização de um sonho e, na prática, mais uma experiência que possibilita o desenvolvimento sustentável da economia. Ele destacou que além do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Governo Federal, a prefeitura também está adquirindo a produção de mel e de aves para distribuição da merenda, capacitando os produtores e doando o terreno para a cooperativa.
Para o coordenador do Projeto Cooperar, Roberto Vital, a inauguração dessa obra confirma o conteúdo programático do governo Ricardo Coutinho com a inclusão produtiva e empoderamento social e econômico das mulheres. “O projeto terá capacidade operativa com o abate e processamento de 200 aves/dia, para em 180 dias alcançar sua capacidade plena de 600 aves/dia”, disse. Segundo ele, o subprojeto de avicultura alternativa em Monteiro provocará um grande impacto socioeconômico na agricultura familiar de Monteiro e dos demais municípios da região do Cariri Ocidental.
De acordo com o diretor técnico do Cooperar, Fábio Gomes, a nova estrutura dará condições efetivas de acesso ao mercado através das feiras livres e supermercados, como também para suprir a demanda do mercado institucional através de iniciativas governamentais como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). “Hoje é um dia festivo para o Cariri com a realização de um sonho da Aval e que demonstra como o Cooperar pode fortalecer a economia local e os produtores do Cariri”,completou.
ricardo MONTEIRO inauguracao de abatedouro de frango foto jose marques (2)
O diretor da Coopeaves, Damião Freitas, destacou que a inauguração do abatedouro vai possibilitar que os produtores entrem no mercado privado, além de gerar emprego e renda para os produtores de aves, alguns inclusive que encontraram nesta atividade a oportunidade do primeiro emprego. “A nossa produção de aves da Aval hoje, somente em Monteiro, é de 10 mil aves a cada 90 dias e a capacidade de alojamento de 30 mil aves. Também está havendo a marcação de galpões aviários. Com o abatedouro, a expectativa é dobrar a produção anual de aves, que é de 270 mil cabeças, até o final deste ano”.
Suiteberton Gomes, presidente da Associação de Mel Toda Flor, disse que esse é um grande sonho realizado pelos 17 apicultores das comunidades de Riacho Verde, Pocinhos, Limitão e Santa Catarina ,que terão condições estruturais para aumentar a produção, principalmente com as chuvas e o aumento das flores.
A solenidade de inauguração das unidades contou com as presenças dos prefeitos Edna Henrique (Monteiro), José Maucélio (São João do Tigre), Eduardo Torreão (Serra Branca), Fernando Queiroz (São José dos Cordeiros), Romualdo Quirino (Congo), Francisco Neves (São Sebastião do Umbuzeiro), Givaldo Limeira (Coxixola), Jacó Maciel (Queimadas), Jairo Herculano (Montadas), Luiz Aires (Cabaceiras), José Tadeu (Lagoa Seca), José Josemar (Parari), José Arnaldo (Amparo), Jacinto Bezerra (Camalaú), além de vice-prefeitos, da presidente da Coopeaves, Maria Andrea Ferreira, do secretário de Comunicação de Pernambuco, Evaldo Costa, do ex-deputado federal e presidente estadual do PHS, Álvaro Neto, e lideranças políticas locais.
Secom

Imprimir artigoGuardar como PDF
Postar um comentário
>