Desportiva Guarabira pede o apoio da prefeitura de Guarabira

Apesar de ser um dos 15 inscritos para a Segunda Divisão do Paraibano, a Desportiva Guarabira pode não participar da competição. O presidente Domingos Sávio disse que o clube está dependendo de uma assinatura de um convênio com a prefeitura da cidade, e caso isto não aconteça, a Desportiva não tem condições de disputar o campeonato.
- Estou aguardando a assinatura do convênio com a Prefeitura de Guarabira, como já foi feito em edições anteriores. Mas se não tivermos o apoio do setor público, não tem como participar. Fazer futebol é muito caro – completou Domingos.

O presidente contou que entrou em contato com o vice-prefeito na última quinta-feira e, desde então, está esperando por uma resposta. Mas, ele é consciente que existe um prazo para a espera. Na próxima sexta-feira acontece o congresso técnico para definir os principais pontos para a competição, como o regulamento e a tabela. A Federação vai dar um prazo para os clubes indicarem os estádios onde pretendem jogar, inclusive providenciando os laudos técnicos para a sua liberação.
Mas se não tivermos o apoio do setor público, não tem como participar. Fazer futebol é muito caro”
Domingos Sávio, presidente da Desportiva Guarabira
- Se não tivermos uma resposta até o dia do congresso, nós nem pretendemos ir para a reunião – admitiu.
Sincero, o dirigente não acredita que a Segunda Divisão deva realmente contar com a participação de 15 clubes. Para Domingos, as equipes apresentam muitos problemas e Federação Paraibana de Futebol teria que infringir o Estatuto do Torcedor para admitir algumas coisas.
- Ter vontade e se inscrever é uma coisa, ter condições de participar é outra. Tem que ter muita responsabilidade para não infringir o Estatuto do Torcedor. Muitos clubes talvez não saibam, mas é preciso ter estádio adequado, providenciar médico em todos os jogos, entre outras coisas básicas, que nem todo mundo tem condições de fazer – apontou.


Da Redação / Nordeste1.com 

Imprimir artigoGuardar como PDF
Postar um comentário
>