CBTU ampliará linhas na Paraíba

A implantação da terceira faixa da BR-230 - entre Oitizeiro (João Pessoa) e Cabedelo - deverá impactar não apenas a integração do trânsito local, mas também os setores de serviços, turismo, indústria e comércio e incrementar os empreendimentos que vão chegar ao estado, como o estaleiro de Lucena e o condomínio aeroviário Estância Ouro Verde. As obras são destinadas à melhoria da mobilidade urbana da Região Metropolitana de João Pessoa.




O presidente da CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), Cláudio Piccoli, afirmou que há um projeto de modernização da linha que liga Cabedelo a Santa Rita. “Vamos trocar trilhos, modernizar as 12 estações, entre outras ações. Vamos passar de dois trens em operação para seis e a viagem vai reduzir de uma hora para 20 minutos”.

Piccoli afirmou que a obra deverá ser realizada em três anos porque depende de recursos federais. “Estamos esperando a chegada de um trilho, que está prevista para ser entregue até julho”, disse.

O projeto da CBTU também é expandir os serviços de Santa Rita até Paula Cavalcanti, que fica logo após a cidade de Cruz do Espírito Santo. Serão acrescidos mais 19 km, passando de 30 km para 49 km de trilhos. Além disso, cinco estações serão reconstruídas. 
“Solicitamos ao Ministério das Cidades R$ 30 milhões para a obra, porque precisa trocar trilhos e dormentes também. Embora operemos com o transporte de pessoas, nada impede o uso compartilhado de transporte de cargas nos momentos em que não estivermos funcionando, ou seja, das 20h às 4h da manhã”.

http://www.paraibatotal.com.br/

Imprimir artigoGuardar como PDF
Postar um comentário
>