Araçagi: Fábio Lima é o novo reforço do Vasco


Foto: Arquivo Pessoal do Jogador


Foi na pequena cidade de Araçagi, localizada no Estado da Paraíba, que nasceu o mais novo reforço do Vasco da Gama para as suas categorias de base. Atualmente com 19 anos de idade, o meia canhoto Fábio Virgínio de Lima chega ao cruzmaltino para dar fim a um problema crônico da categoria de juniores: o meio-campo ofensivo.

Para contratar o paraibano, o Gigante da Colina superou a concorrência do Corinthians. Pesou a favor do Vasco o fato de ter emprestado alguns jogadores para o Atlético Goianiense, clube detentor do passe do atleta, no início da temporada. A boa relação do jovem com René Simões, ambos trabalharam juntos no São Paulo, também foi um diferencial.

Fábio iniciou sua trajetória no Ceará, mais precisamente na cidade de Juazeiro do Norte, local onde está localizada a sede do Icasa, também conhecido como o Verdão da Cariri. No clube cearense, o jovem disputou o Campeonato Brasileiro da Série B de 2011 e fez um bom papel nas partidas que teve a oportunidade de jogar.

Apesar do Icasa ter sido rebaixado para a Série C naquele ano, Fábio subiu e acabou acertando no ano seguinte com o Atlético Goianiense, clube da Série A. As oportunidades no clube goiano foram poucas, cerca de cinco partidas, mas essas serviram para encher os olhos dos dirigentes do São Paulo, que acertaram sua contratação por empréstimo no início do segundo semestre de 2012.

Diferentemente dos outros clubes, Fábio não chegou ao tricolor paulista para atuar no time profissional. Jogando pelo time sub-20, o paraibano se destacou durante o Campeonato Paulista e foi um dos destaques do time do Morumbi na Copinha deste ano. Na oportunidade, o meia marcou três gols na primeira fase e ajudou o tricolor a avançar de fase.

O contrato de Fábio Lima com o Vasco irá até o final de 2013. Vale frisar que o meia é nascido em 93 e só tem mais um ano de juniores.


Foto: Site Oficial do Atlético Goianiense


Bate-Papo Exclusivo com Fábio Lima, novo reforço do Vasco:

Você iniciou sua trajetória no futebol com a camisa do Icasa-CE, porém rapidamente acertou com o Atlético-GO. Como você avalia sua passagem por esses dois clubes?

"Pelo Icasa foi muito boa. Apesar do time ter sido rebaixado para Série C do Brasileiro naquele ano, eu consegui me destacar. No Atlético Goianiense não tive muitas chances. Minha principal partida foi as duas válidas pela primeira fase da Copa do Brasil. Nelas fiz dois gols e dei a classificação ao clube".

Após uma breve passagem pelo clube goiano, você acertou com o São Paulo e passou a defender o elenco sub-20 do tricolor paulista. Segundo apuramos, você foi muito bem em sua passagem pelo time do Morumbi. O que poderia falar sobre ela?

"No São Paulo foi uma ótima passagem. Joguei 15 partidas pelo Campeonato Paulista, fiz gols, dei assistências importantes, joguei excelentes partidas e ajudei bastante a equipe. Ficamos com o vice-campeonato dessa competição. Na Copa São Paulo fiz três gols e joguei bem nas partidas em que eu atuei".

Quais são suas principais virtudes como jogador de futebol e qual jogador te inspira?

"Eu me inspiro no futebol do Kaká. Me identifico muito com o futebol executado por ele. Minhas principais virtudes são o passe e finalização".


Foto: Arquivo Pessoal do Jogador


E o que você espera dessa passagem pelo Vasco? O que passou na sua cabeça quando seu representante te avisou que você iria jogar no clube de São Januário?

"Eu espero que seja uma passagem muito produtiva. Eu me senti muito privilegiado quando soube que iria vestir uma camisa de peso como é essa do Vasco".

Por qual motivo você escolheu o Vasco e não o Corinthians?

"Eu não sei explicar muito bem, pois foi uma decisão do meu empresário".

Por fim, gostaria que você mandasse uma mensagem para o torcedor vascaíno.

"Fala nação, vou tentar e farei de tudo para trazer muitos títulos para o Vasco. Vou dar o meu melhor! Abraços"
.

Foto: Arquivo Pessoal do Jogador


Por Carlos Gregório Junior

Imprimir artigoGuardar como PDF
>