Governo consegue divulgação do São João de Campina no exterior




Os principais roteiros e produtos turísticos da Paraíba terão uma divulgação ampliada no exterior. Para tanto, a Embratur  - Instituto Brasileiro de Turismo vai organizar, em junho, um fampress com jornalistas franceses e italianos para visitarem a Paraíba durante os festejos juninos. O objetivo é que os europeus conheçam em detalhes a organização do “Maior São João do Mundo’, em Campina Grande, e manifestações culturais promovidas em outras cidades paraibanas naquela época do ano.

O anúncio deste apoio ao Governo do Estado foi feito nesta quarta-feira (27) pelo presidente da Embratur, Flavio Dino, durante reunião, em Brasília, com o vice-governador Rômulo Gouveia; o secretario estadual de Turismo e Desenvolvimento, Renato Feliciano; a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino; e o secretário de representação da Paraíba no Distrito Federal, Moacir Carneiro.

“O ‘Maior São João do Mundo’ é um evento consolidado como produto turístico e que completa 30 anos em 2013. A Embratur tem consciência dessa particularidade do nosso potencial turístico. O governador Ricardo Coutinho havia dito ao prefeito Romero Rodrigues, de Campina Grande, que faria todo o esforço no sentido de implementar a divulgação dos festejos. Por isso estamos aqui”, afirmou o vice-governador.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, disse que a Embratur vem acompanhando o esforço do Governo do Estado em divulgar o ‘Destino Paraíba’ em outros países, por meio da participação em feiras e workshops. “Fomos elogiados pelo presidente da Embratur. Isso é positivo e mais um incentivo para darmos continuidade ao nosso trabalho de dois anos. Por outro lado significa que teremos mais apoio na liberação de verbas, pois um dos requisitos é estarmos no maior número de eventos no exterior”, explicou.

Voos charters – Outro assunto discutido na reunião em Brasília foi a viabilização de um voo charter entre Buenos Aires, capital da Argentina, e João Pessoa. Segundo a presidente da PBTur, a Embratur prometeu agilizar o processo de liberação de recursos. Desde o ano passado que a PBTur e o trade vêm negociando com operadoras argentinas a vinda de um voo fretado para a capital paraibana. Operadores e jornalistas argentinos especializados em turismo conheceram os principais roteiros turísticos do litoral sul e norte paraibanos.

Ruth Avelino disse que o presidente da Embratur discutiu com as autoridades paraibanas uma solução para a venda dos hotéis da PBTur. “É sabido que existem pendências jurídicas com a Embratur, que é dona de 30% dos hotéis. Acredito que depois da reunião de hoje, ocorra um encaminhamento para a solução deste assunto”, explicou.

Imprimir artigoGuardar como PDF
>