Pastor acusado de estelionato é preso em JP

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Defraudações da Capital, prendeu, na madrugada desta segunda-feira (11), na cidade de Caruaru, em Pernambuco, o pastor Paulo Henrique Silva Freitas e Jeane Santos Nunes, ambos acusados de crime de estelionato.

20130311165721_610x610 

Durante entrevista coletiva à imprensa, realizada na Central de Polícia, no bairro do Varadouro, o delegado Gustavo Carleto afirmou que o casal aplicava golpes por meio de um projeto intitulado ‘Casa Nova’, o qual prometia financiamento de imóveis em vários bairros de João Pessoa. O dinheiro das parcelas, no entanto, era depositado na conta corrente da mãe de Paulo Henrique. Pelo menos 300 pessoas podem ter sido lesadas pelo golpe e 120 já prestaram depoimento na delegacia.

De acordo com as investigações, as residências eram vendidas a preços populares, em bairros como Geisel, Jardim Veneza e também no Bessa e Altiplano. Para as vendas, havia material publicitário, como folders e cartões, além de um outdoor exposto na cidade. “Uma entrevista em um programa local estava agendada para fazer propaganda do negócio”, frisou Carleto.

Ainda segundo o delegado, o casal foi preso pela polícia na quarta-feira (6), mas liberado um dia depois porque o acesso ao sistema Infoseg, de mandados de prisão em aberto, não estava disponível. “Na sexta (8) o sistema voltou a funcionar e confirmamos sete mandados em aberto dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo”, destacou a autoridade policial.

A partir de então, equipes da delegacia realizaram campanas seguindo o casal que tentava fugir, passando pela cidade de Campina Grande, com destino a Salvador, Bahia.
O casal permanece na carceragem da Central de Polícia à disposição da Justiça.

Do Tambau247

Imprimir artigoGuardar como PDF
Postar um comentário
>