Ideme aponta aumento de 0,82% no custo de vida em João Pessoa



O Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme) divulgou os resultados da pesquisa do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da cidade de João Pessoa referente ao mês de abril. O estudo revelou um acréscimo mensal de 0,82% no custo de vida, um acumulado de 11,51% nos últimos 12 meses e de 5,44% no ano. O grupo que apresentou a maior variação positiva nos preços médios dos produtos na capital foi o da alimentação, com 4,17%.

De acordo com o Ideme, a elevação de preços no grupo alimentício ocorreu nos seguintes itens: frutas (10,74%), pescados (8,02%), tubérculos e raízes (4,71%), sal e condimentos (2,63%), cereais (2,19%), alimentação fora do domicílio (1,70%), leite e derivados (1,53%) e aves e ovos (0,30%). Além da alimentação, os grupos Artigos de Residência, Habitação e Saúde também apresentaram aumento no mês de abril em João Pessoa, com índices de 0,69%, 0,48% e 0,33%, respectivamente. Já os grupos que apresentaram as maiores quedas nos preços médios foram: vestuário (3,66%) e serviços pessoais (0,76%).

Levando-se em consideração apenas os reajustes individuais, os produtos relacionados pelo Instituto, cujos preços mais contribuíram para o aumento do IPC do mês de abril na capital foram: feijoada (35,14%), batata inglesa (30,54%), armação de óculos (21,08%), frango assado (18,48%), cueca (16,88%), beterraba (16,14%), alface (15,45%), pimenta do reino (14,94%), móveis de sala de estar (14,53%), cebola (12,52%), cenoura (12,37%), banana (12,13%), queijo de coalho (11,99%), roupa íntima feminina (11,89%), lente (11,28%), gasolina (10,85%), maçã (10,19%), uva branca (10,17%), presunto (9,44%), camarão salgado (9,12%), peixe fresco (8,89%), tapetes (8,56%), sapato de criança (8,44%).

Para conferir os detalhes da pesquisa do Ideme sobre o IPC de João Pessoa, e os resultados mensais sobre a cesta básica e outros trabalhos desenvolvidos pelo Instituto, basta acessar o endereço eletrônico:www.ideme.pb.gov.br.

Vinculado à Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão da Paraíba (Seplag), o Instituto tem a missão de contribuir para a construção e a implementação de políticas públicas, via produção de estudos, pesquisas e projetos de natureza global e/ou setorial nas áreas socioeconômicas, focando o desenvolvimento sustentável na Paraíba e seus municípios.


http://portalcorreio.uol.com.br/noti...AO-PESSOA.aspx
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...