Coreanos criam 'carro-tatu'

Achar uma vaga para o carro nos grandes centros urbanos é uma tarefa que requer paciência e perseverança. A falta de espaços para estacionar é um problema crônico das cidades por todo o mundo. Ter um veículo que de alguma maneira caiba na mais apertada das vagas é um mérito considerável e adiciona mais praticidade ao dia a dia.
Pensando nesses benefícios, mas tentando preservar algum espaço interno no veículo, oKAIST, instituto coreano de ciências e tecnologias avançadas, criou o Armadillo-T, o pequeno veículo para locomoção urbana que dobra. Elétrico, o Armadillo se parece com um tatu na hora de estacionar, dobrando-se ao meio como o mamífero.


A improvável manobra que o Armadillo-T realiza é possível graças aos quatro motores elétricos que ficam em cada uma das quatro rodas. A bateria está na parte da frente do carrinho e, ao apertar de um botão (que pode ser do celular), o veículoo realiza a transformação em poucos segundos, diminuindo de comprimento de 2,80 metros para apenas 1,65 metro.
Pode-se também, por meio de um smartphone, manobrá-lo em um estacionamento, de fora do carro. O Armadill-T ainda vem com câmeras no lugar dos espelhos retrovisores e pesa apenas 450 kg. Segundo a KAIST, apenas uma pequena carga de bateria de cerca de dez minutos na tomada são suficientes para o Armadill ter uma autonomia de quilômetros. O carro alcança apenas 60 km/h, o que não é apropriado nas estradas, mas suficiente para as cidades.
Não há previsão do veículo ser comercializado.

http://carros.ig.com.br/

Imprimir artigoGuardar como PDF
Postar um comentário
>